BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

quinta-feira, 6 de março de 2014

DR. SILVINO BEZERRA NETO, REINSTALOU A COMARCA DE NOVA CRUZ EM 20/12/1918

Nasceu em Caicó/RN no dia 30 de abril de 1887. Filho do Professor Manoel Augusto Bezerra de Araújo e de Cândida Olindina de Medeiros.
1900: Veio para Natal, aos 13 anos, matriculou-se no Atheneu e concluiu o secundário em 1904.
Seu primeiro emprego foi o de revisor do Jornal A República.
Foi professor de Geografia no Colégio Diocesano Santo Antônio.
1905: com 18 anos matriculou-se na Faculdade de Recife, concluindo o curso de Ciências Jurídicas e Sociais em 1909.
Exerceu as seguintes funções públicas:
1904-1907: 1º Fiel Tesoureiro da Delegacia do Tesoureiro da Delegacia Fiscal do Tesouro Federal;
1908-1909: Promotor Público da Comarca de Acari;
1911: Procurador Fiscal do Tesouro;
1915: Diretor da Escola de Aprendizes Artífices do Estado – atual CETET/RN;
1918: Juiz de Direito da Comarca de Mossoró e Acari.
1924-1926: Chefe de Polícia durante o governo de José Augusto Bezerra de Medeiros;
1926: Nomeado Desembargador do Supremo Tribunal de Justiça.
13 de setembro de 1926 a 8 de outubro de 1927 exerceu as funções de Procurador Geral do Estado.
1936 – 1937: Vice-Presidente do Tribunal Regional Eleitoral.
Foi sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Rio Grande do Norte, tendo sido também seu presidente.
24 de novembro de 1937: Aposenta-se.

Publicações:
A educação no Rio Grande do Norte e a Liga do Ensino (conferência, Acari, 1911);
Relatório ao Ministro da Agricultura, Indústria e Comércio – Dr. Pereira Lima;
Relatório ao Ministro Dr. José Rufino Bezerra Cavalcanti;
Despachos e Sentenças (Coletâneas de Decisões do 1º lustro de sua judicatura);
Razões
O Sursis e o livramento condicional-1926
Irredutibilidade de vencimentos da magistratura – 1925
Explicação necessária – 1930
Registro de Algumas atitudes da Ordem e do Instituto dos Advogados - 1946
Pela Candidatura de Eduardo Gomes à Presidência da República - 1950
A família - 1956
Aniversários (Sonetos)- 1957
Caetano Dantas Correa e o Sítio Ingá -1957
Reminiscências (sonetos) – 1958
Outras reminiscências (sonetos) – 1959
Resíduos de reminiscências (sonetos) – 1959
Bengalas históricas (sonetos) – 1960
Reflexões da Ditadura neste Estado – 1960
Lembrança para minha família – 1962
Reminiscências de Natal de outrora – 1963
Ligeiras notas biográficas de um antigo professor de línguas – 1967
Lembranças de figuras e episódios do Acari, do Sítio Ingá e do Seridó – 1969.
Faleceu em Natal a 17 de fevereiro de 1969.

Referências:
400 Nomes de Natal. Coordenação Rejane Cardoso; pesquisa e redação Deífilo Gurgel ..[et.al.]. Natal (RN): Prefeitura de Natal, 2000, p.711.
GOSSON, Eduardo. Sociedade e Justiça: História do Poder Judiciáriodo Rio Grande do Norte. Natal: Governo do Estado; DEI, 1998.p.88-89.
BEZERRA, Luiz G.M. Silvino Bezerra Neto. vol 1251. Natal: Fundação Vingt-un Rosado, 2001 (Coleção Mossoroense).
FONTE - MEMORIAL DO  MINISTÉRIO  PÚBLICO DO RIO GRANDE DO NORTE - FOTO: INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE, DO QUAL FOI DIRETOR NO PERÍODO DE 11 DE MAIO DE 1915 A 7 DE ABRIL DE 1918

Nenhum comentário:

Postar um comentário